Menssagem de erro

  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Undefined variable: crumbs em blog_espm_breadcrumb() (linha 27 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/themes/blog_espm/template.php).

O consumo e a crise

Autor: Simone Ávila
29 jul
Estudantes do curso de Administração da ESPM-Sul realizam pesquisa sobre o impacto da crise nos hábitos de compra dos gaúchos

Os estudantes do curso de Administração da ESPM-Sul realizaram uma pesquisa com 408 pessoas residentes no Rio Grande do Sul que revelou mudanças no comportamento de compra em função da crise econômica. Um dos destaques do estudo — coordenado pelo professor Diego Costa Pinto — indica que os consumidores entrevistados elencaram como prioritárias a manutenção dos serviços de educação e internet, à frente, inclusive, da saúde. O levantamento também mostrou que os homens são mais impulsivos, enquanto as mulheres se mostraram mais reflexivas na hora da compra. A pesquisa foi realizada entre os dias 9 e 17 de junho de 2016, com questionários on-line, e contou com a participação dos estudantes Ana Carina Castagna, Bruno Schmitt, Paola Coelho e Ana Paula Dias.

Os setores mais afetados pela crise

Os resultados indicam que o segmento no qual as pessoas mais deixaram de consumir é o de eletroeletrônicos (43,89%), seguido pelo de viagens (40,65%), cinema e teatro (39,55%). Os consumidores elencaram como prioridade a manutenção dos serviços de educação (75,25%), internet (74,07%) e saúde (70,86%).

Em época de crise, os consumidores estão trocando a alimentação, o vestuário e produtos de beleza por opções mais baratas. A pesquisa também solicitou aos respondentes que avaliassem seus hábitos de compra (escala de 1 a 7). O fator mais importante foi o aumento da reflexão sobre a verdadeira necessidade de compra de certos produtos, com o intuito de economizar durante o período de crise.

Outra variável de destaque revelou que, mesmo no cenário de crise, as pessoas têm apegos emocionais a determinadas marcas. Assim, mesmo com o cenário de recessão econômica, algumas marcas são insubstituíveis para os consumidores, pois entregam um valor diferenciado. Outro resultado importante foi o aumento da realização de compras planejadas perante o período, mostrando que os consumidores estão se preocupando mais com a economia, planejando mais as suas compras.

De acordo com o coordenador do estudo, a pesquisa mostrou que a crise influencia diretamente os hábitos de consumo dos gaúchos. Entre os pontos que chamaram a atenção, está o fato de que os homens são mais impulsivos no consumo do que as mulheres. Outro dado que surpreendeu foi que o consumidor não abre mão do investimento em educação e internet. “São dois serviços que estão à frente, inclusive, da saúde. Ao mesmo tempo em que os consumidores estão mais conscientes, eles não querem abrir mão de suas marcas preferidas. Como o Brasil passou recentemente por um período de crescimento econômico, há um desejo de poder retornar aos hábitos antes da crise”, avaliou.

“Retorno aos hábitos antigos” ‒ Alguns consumidores acreditam que vão retornar aos hábitos de compra antigos quando a crise terminar, podendo voltar a comprar certas marcas ou utilizar serviços que tiveram que parar por causa da situação econômica. Outra afirmativa foi o aumento dos consertos de bens antigos com a crise. Assim, alguns consumidores, ultimamente, preferem consertar produtos antigos do que gastar na compra de novos.

Para Ana Carina Castagna, que participou do levantamento, os dados mostraram como as pessoas estão refletindo melhor sobre a verdadeira necessidade de compra de alguns produtos, planejando suas compras e realizando substituições por produtos e serviços mais acessíveis, sobretudo nos setores de alimentação fora do lar, vestuário e cesta básica. “Mesmo em época de crise, a compra por impulso está presente, sendo que os homens, os solteiros e as donas de casa são os mais impulsivos”, destacou. Para conferir a pesquisa na íntegra é só entrar em contato pelo site do Grupo de Pesquisa Marketing & Consumo.

  • Compartilhe:

Quem Escreve?

imagem de Simone Ávila

Simone Ávila

é jornalista pela PUC do Rio Grande do Sul. Foi assessora de imprensa da Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) e do Ministério Público do Trabalho/RS, este último durante três anos. Atualmente é assessora de imprensa da ESPM Sul e colaboradora de +ESPM.

Relacionados