Menssagem de erro

  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Undefined variable: crumbs em blog_espm_breadcrumb() (linha 27 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/themes/blog_espm/template.php).

Uma onda de reflexões e prêmios

Autor: Julia Sales
27 abr
Wave Festival trouxe dois dias de debate e encontro com grandes nomes da publicidade. Miami/ESPM foi a grande vencedora da Categoria Student e eleita Escola do Ano
Paulo André Bione, diretor acadêmico da Miami/ESPM (à esq.) e Daniel Brito, coordenador acadêmico da Miami/ESPM Rio recebendo o prêmio Escola do Ano no Wave Festival 2016. Foto Divulgação

A 9.ª edição do Wave Festival aconteceu nos dias 13 e 14 de abril, no Rio de Janeiro, no Copacabana Palace. O evento trouxe grandes nomes da publicidade da América Latina e representantes de marcas consolidadas para debater sobre estratégias e práticas do mercado. O +ESPM esteve presente no segundo dia do evento, quando os debates giraram em torno de temas como content marketing e a sobrevivência do comercial de 30 segundos.

Durante a mesa sobre content marketing, o sócio-fundador da Mixer, João Daniel Tikhomiroff, foi categórico ao dizer que tudo pode ser conteúdo: “Tanto uma série de TV quanto um longa-metragem podem ser usados pela publicidade para que as marcas se beneficiem. Mas é importante que as agências entendam que essas inserções precisam ser relevantes para engajar a audiência a ponto de gerar resultados para as marcas”.

Para a gerente de marketing da JBS/Friboi, Maria Eugênia Rocha, contar histórias é o grande diferencial. “Não é à toa que o Papai Noel ou o Popeye fizeram tanto sucesso: as pessoas se engajam por conta das histórias e é através de histórias que as marcas querem conversar com as pessoas”, explicou

Para isso, Maria Eugênia defendeu que a marca, para fazer uma boa comunicação, precisa ter uma estratégia bem definida, conhecer bem seu público e não forçar um conteúdo. Somente seguindo essas premissas uma marca consegue se conectar com o consumidor.

O comercial de 30 segundos não vai morrer

A mesa, que abordou o tema e teve a mediação do diretor do Wave Festival e também da Miami Ad School/ESPM, Paulo André Bione, contou com a participação do diretor executivo de criação da Del Campo S&S (Argentina), Ariel Serkin; do vice-presidente de criação da Sancho BBDO (Colômbia), Hugo Corredor; e do diretor de criação executivo da DM9DDB (Brasil), Paulo Coelho.

Coelho começou levantando uma questão importante sobre os meios de comunicação tradicionais e a publicidade. Para ele, o comercial de 30 segundos não vai morrer: “Esse modelo ainda se faz muito necessário no Brasil. 87 em cada 100 pessoas ligam a TV todos os dias. Pode até ser que em outros mercados haja outra forma de falar com a massa, mas aqui, ainda não é assim”, reforçou.

O publicitário brasileiro acha que essa “ditadura do formato” precisa acabar: “Qual história que você vai contar em 30 segundos? Essa coisa de pensar no formato e tentar encaixar a história ali dentro é um grande erro. Cada história tem o tempo dela e com tantas plataformas que te levam a outros lugares, uma história pode começar num comercial de 30 segundos e te levar para a internet, para o perfil da marca no Facebook etc.”, refletiu

Para Hugo Corredor, essa é uma mudança muito grande na indústria da comunicação: “Não há nada que conecte mais as pessoas, até hoje, do que o formato audiovisual. A discussão não deveria ser o formato, mas sim o conteúdo” apontou.

Mesmo com a mudança da mesa, dessa vez para o publicitário, chairman da WMcCann e CCO da McCann Worldgroup América Latina e Caribe, Washington Olivetto, entrevistando o ex-vice-presidente de operações da Globo, atual sócio da TV Vanguarda e conselheiro da Escola, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, a discussão sobre o comercial de 30 segundos continuou. “A grande verdade é que a maioria dos comerciais é ruim. É difícil fazer um que seja bom com 30 segundos. Se não fosse por causa da grade de programação, um bom filme teria, ao menos, 3 minutos”, declarou o publicitário.

A entrevista se seguiu, num tom bem-humorado, sobre os tempos áureos da televisão brasileira, os comerciais e o recém-lançado livro do Boni Unidos de Outro Mundo, em que ele conversa com seus grandes amigos e busca acertar as contas com desafetos que já partiram dessa para uma melhor.

Premiação

A noite terminou na varanda do Copacabana Palace com a cerimônia de premiação. A Categoria Student foi dominada pela Miami/ESPM. A Escola, pelo 4.ª ano consecutivo, foi eleita a Escola do Ano com: ouro, prata e bronze e mais oito trabalhos selecionados como shortlist. Confira abaixo os vencedores e as peças clicando aqui:

OURO – “Wanted Meme” para a BBC One. Miami/ESPM São Paulo. Estudantes: Amanda Losi, Eveline Farina, Juliana Mello, Marina Ribeiro. Tutor: Rodrigo Cotellessa

PRATA – “NETGIFX” para o Netflix. Miami/ESPM São Paulo. Estudantes: Gabriel Longhini Barbério, Vinicius Chiconato Gavazzi. Tutor: Fábio Nunes

BRONZE – “Part of the Family” para a OLX. Miami/ESPM Rio. Estudantes: Caio Junquilho, Rafael Guedes, Eduardo César. Tutor: Rogério Martins

  • Compartilhe:

Quem Escreve?

imagem de Julia Sales

Julia Sales

é formada em Jornalismo pela UFF. Já foi produtora de reportagem na Globo News e TV Bandeirantes e repórter do O GLOBO. Atualmente é assessora de imprensa da ESPM.

Relacionados