Menssagem de erro

  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Trying to get property of non-object em espm_blog_banner_post_node_access() (linha 30 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/modules/custom/espm_blog_banner_post/espm_blog_banner_post.module).
  • Notice: Undefined variable: crumbs em blog_espm_breadcrumb() (linha 27 de /var/www/html/espm/portal/www/sites/blog/themes/blog_espm/template.php).

A mulher no comando

Autor: Simone Ávila
10 out
Mulheres predominam nas áreas de comunicação das empresas, aponta a terceira edição da pesquisa sobre Comunicação Corporativa no RS, coordenada pelo curso de Jornalismo da Escola
Yara Peres discutindo a Cenários da Comunicação Corporativa no RS com o público da ESPM-Sul. Foto: Gabriela Hagemann

Assim como em diversas áreas de atuação no mercado de trabalho, cresce a participação feminina no segmento de comunicação no Rio Grande do Sul. Esta é uma das conclusões da terceira edição da Pesquisa Cenários da Comunicação Corporativa, realizada por professores do curso de jornalismo da ESPM-Sul junto com alunos integrantes da Empresa Júnior da unidade e apresentada na noite 29 de setembro na unidade.

No comparativo com as outras edições da sondagem, observa-se que o sexo feminino teve um aumento de representatividade de 11% do ano de 2014 para o ano de 2016. Já o sexo masculino obteve decréscimo pouco significativo (3%). Além de serem a maioria na liderança, também há um prevalecimento das mulheres (62%) perante aos homens nas equipes. Em relação à área de formação do profissional responsável pelo setor de comunicação empresarial nas empresas, o diploma de Administração é o mais presente entre os responsáveis pela área de comunicação (20%), seguido pelo curso de Jornalismo (17%), Publicidade (16%) e Relações Públicas (16%). “Esta pesquisa nos ajuda a melhorar a dinâmica de sala de aula, ao conhecer melhor o perfil dos profissionais que atuam na área", destacou a diretora do curso de Jornalismo, Janine Lucht.

Outro dado interessante é a posição da comunicação no organograma da empresa. De acordo com o levantamento, a área figura em nível de diretoria na maioria das empresas consultadas (43%). Já os níveis de gerência e de coordenadoria possuem porcentagens aproximadas, 23% e 22% respectivamente. No comparativo entre os anos de 2016 e 2014, observa-se que a área de comunicação passou a deter uma importância maior dentro das organizações, com um aumento significativo de 17% das empresas que posicionam a área de comunicação no nível de diretoria, passando de 26% a 43%.

O setor de comunicação corporativa foi apontado como ‘muito importante’ ou ‘importante’ para 90% das empresas entrevistadas. E as principais atividades desenvolvidas pelas equipes, por ordem de relevância (em parâmetros de 1 a 5): acompanhamento da gestão da marca (4.28), mídias sociais (3.97), assessoria de imprensa (3.58), gestão de crise (3.56) e eventos e palestras (3.54).

No quesito ‘busca de conhecimentos para desenvolver seus trabalhos’, realizado por meio de perguntas de múltipla escolha, é possível identificar quais são as atividades mais importantes voltadas para o aperfeiçoamento e desenvolvimento dos profissionais que atuam na área de comunicação. A busca de conhecimento em cursos lidera com 70%, seguido de palestras com 61%. Os workshops são utilizados por 45% das empresas e visitas técnicas aparecem com 7% de representatividade. Outras maneiras de adquirir conhecimentos totalizam 23%, e incluem leituras de cases, feiras de estudos, benchmarking e seminários.

Para trazer uma contribuição para a discussão, a vice-presidente da agência de comunicação corporativa CDN, Yara Peres, ministrou a palestra O valor intangível da marca. “Hoje, todos se enxergam, inclusive os inimigos. Todos têm a mesma chance de ganhar ou de perder, estamos na mesma plataforma, e o que permitiu que as relações se tornassem planas é a tecnologia. O consumidor é o dono da marca. A marca não é do fundador nem do sócio”, salientou a executiva.

A pesquisa

O levantamento, realizado entre maio e junho deste ano sob orientação das professoras Liliane Antunes  Rohde e Rosângela Florczak, retrata a percepção  de  202 empresas do Rio Grande do Sul, de acordo com o ranking das 500 maiores companhias da Região Sul realizado pela revista Amanhã. “A pesquisa nos ajuda a conhecer melhor o perfil dos profissionais que atuam na área. Além disso, a ESPM é pioneira neste estudo, que há mais de três anos mapeia um segmento do mercado em ascensão", explicou Janine.

Com foco na iniciativa privada, o estudo busca desenhar o perfil da comunicação corporativa nas organizações gaúchas e apresenta o perfil dos profissionais, serviços prioritários, fornecedores, orçamentos que movimenta e a expectativa de crescimento do setor. Visa ainda refinar as características do segmento nas empresas do Rio Grande do Sul e comparar os resultados atuais com os do trabalho passado, com a finalidade de identificar as possíveis mudanças no setor. Confira a pesquisa abaixo:

  • Compartilhe:

Quem Escreve?

imagem de Simone Ávila

Simone Ávila

é jornalista pela PUC do Rio Grande do Sul. Foi assessora de imprensa da Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) e do Ministério Público do Trabalho/RS, este último durante três anos. Atualmente é assessora de imprensa da ESPM Sul e colaboradora de +ESPM.

Relacionados